Pote de farmácia

NA
Recipiente de vidro ou cerâmica, com tampa, destinado a guardar os ingredientes com que os farmacêuticos preparavam os medicamentos. Os potes de farmácia do século XIX são cilindros de porcelana com tampa, e levam dísticos referentes à droga que contém, não raro com decoração alusiva. Também podem ser grandes recipientes de cristal com tampa em forma de agulha ou pináculo.